Brittish

Origem e Histórico

A raça é descendente de gatos domésticos que desembarcaram em solo britânico há 2 mil anos, junto com o Exército Romano. Os ingleses os chamam de “Teddy-Bear Cats” (gatos ursinhos-de-pelúcia) e, no Brasil, os primeiros exemplares foram importados por criadores paulistas.

Comportamento

Excelente companheiro para a família, amistoso e recatado, adora brincar com crianças e até mesmo com cães. Ágil e veloz caçador, manso, calmo, dócil e companheiro, porém, independente e esperto, não gosta de permanecer no colo.

Características físicas

É robusto, com musculatura forte, cabeça é redonda e o focinho também. A pelagem é densa, firme e suave. Machos e fêmeas são facilmente distinguidos pela aparência: fêmeas são mais delicadas e não apresentam cabeça tão desenvolvida quanto os machos. Há 3 anos foi reconhecida a variedade de pêlo semilongo, que se chama de British Longhair.

Cuidados e higiene da raça British

Não admite bandeja sanitária suja, é até capaz de chamar a atenção para a limpeza de seu banheiro. São resistentes e de fácil manutenção: não suscetíveis a doenças e raramente contraem infecções no trato respiratório, fungos, etc. Requer escovação para retirada do excesso de pêlo.